A Tecnologia a favor da Moda e da nossa vida

Padrão

Que a tecnologia está aí para facilitar a nossa vida todos nós já sabemos.

Cada vez mais a tecnologia e a moda se integram: são tecidos inteligentes que não amassam e se adaptam a diferentes circunstâncias, roupas que tocam música, detectam wi-fi, tecidos que brilham…

Um marco na historia da moda e tecnologia aconteceu em outubro de 2006, em Paris no desfile do estilista Hussein Chalayan. Ele colocou na passarela roupas que pareciam se mover por vontade própria, os decotes se abriam, as saias encurtavam e no final, algo que realmente surpreendeu: um vestido inteiro desaparecia como se fosse um passe de mágica aos olhos dos convidados, o truque era pura tecnologia, usada sempre a serviço de conceitos consistentes, contundentes, inteligentes.

Algo que também foi bastante considerável neste universo que alia tecnologia e moda foi à roupa que muda de cor conforme o humor de quem a veste. Ela foi projetada pela empresa de produtos eletrônicos Phillips e o traje é composto por uma camada de sensores biométricos e outra de tecido.

Quando mudamos de humor, como stress, felicidade, medo, amor, ansiedade, nossa temperatura corporal também oscila, essa oscilação é captada pelos sensores, mudando a cor da roupa.

Alguns sites e aplicativos estão no ar para ajudar ainda mais as mulheres, sempre preocupadas em fazer novas produções e arrasar, por exemplo, o aplicativo para Iphone foi desenvolvido para as usuárias escolherem o que vestir sem precisar colocar todo o armário abaixo. O Dress Up lhe oferece dezenas (ou centenas, ou milhares, depende do tamanho do seu acervo) de combinações possíveis. Para tanto, basta fotografar as suas peças e deslizar o dedo sobre a tela do “gadget” para visualizar as opções de looks. Melhor do que passar horas na frente do espelho experimentando tudo, né?

Mas a tecnologia não para por aí, na NextFest (feira de tecnologia que acontece em NY), outros itens de vestuário foram alvo de inovações tecnológicas:

Uma sandália plataforma com câmera de vídeo embutida, localizador GPS, e capacidade de emitir um pedido de socorro para o 911 (telefone de emergência em NY), foi concebido para dar mais segurança às pessoas que a usariam.

A tecnologia não para de surpreender, uma equipe de designers japonesa TeamLab nos dá uma perspectiva do que poderemos encontrar nos shoppings no futuro. O projeto intitulado de “Cordenation” propõe um novo conceito de moda interativa. Funciona assim: Quando um cliente pegar o cabide com determinada peça de roupa, os painéis que ficam acima do cabideiro sugerem automaticamente os acessórios que combinam com aquela roupa.

Isso acontece graças aos sensores de toque embutidos nos cabides, associados a cada peça de roupa. A idéia é bastante interessante, porém o sistema é apenas um protótipo. Mas TeamLab já confirmou que existem grandes empresas interessadas em implantar o sistema em suas lojas, ou seja, em breve vivenciaremos isso.

Por Mariana Arruda Simoni/ mariana.as@uol.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s