O outro lado da moda

Padrão

O mundo da moda fascina os olhares de milhões de consumidores por todo o mundo, que admiram o glamour visto nas revistas, outdoors e desfiles.

O que muita gente não sabe é que por traz de tudo isso, existe um exaustivo e nada luxuoso dia a dia de trabalho.

Hoje, vou dividir com vocês o passo a passo de uma experiência que tive em Produção de Moda para um Editorial Fictício de uma revista.

Decidi falar sobre esse lado mais “underground” da moda porque o Halloween se aproxima, assim vou me aprofundar na elaboração do trabalho que eu já havia comentado antes https://pencefundamental.wordpress.com/2010/10/08/editorial-the-beautiful-people/.

O primeiro passo deste trabalho foi avaliar onde este editorial vai circular (se é uma revista, um site, ou mesmo um programa de televisão) e o público-alvo deste meio de comunicação.

No nosso caso, o veiculo seria a i-D, uma revista conceitual inglesa que surgiu nos anos 80 com a proposta de registrar a moda de rua, com foco no público adepto do estilo punk.

A pauta proposta para este trabalho foi o Rock.

Com algumas diretrizes projetuais definidas, o próximo passo foi definir uma referencia dentro do universo do rock para montarmos um conceito criativo.

Decidimos focar na banda Marilyn Manson, mais especificamente, no clipe The Beautiful People, criado em parceria com a fotógrafa e diretora Floria Sigismondi.

O clipe trabalha imagens surreais, perturbadoras, cenários darks e diversos aparelhos corretivos que dão uma atmosfera aterrorizante, típica de uma festa de halloween.

Montamos nosso conceito editorial baseado na “não imposição do padrão de beleza”, mostrando a individualidade de diferentes tipos de “beleza” por meio de modelos que “fogem” do padrão estereotipado da moda.

Escolhemos peças de marcas que ajudavam a ilustrar a atmosfera e atitude sombria do clipe e com elas montamos cerca de dez looks que ilustrariam a nossa edição da revista i-D.

Para um melhor resultado visual, no dia das fotos utilizamos “truques” que o leitor da revista não consegue perceber (alfinetes, fita crepe, grampos, pontinhos e todas as artimanhas possíveis para uma foto excelente).

Mas, o dia da fotografia é sempre mais estressante e mesmo com toda a preparação e organização prévia, sempre temos que contar com os mais diversos imprevistos.

A equipe de fotógrafos, maquiadoras e cabeleireiras começou a trabalhar com oito horas de antecedência para tudo ficar pronto e otimizarmos as horas no estúdio fotográfico.

Ou seja, a realização de um trabalho como esse exigiu a dedicação da produção de moda das 7h30 até as 22h.

Além de todo esse trabalho, ainda existe a preocupação com detalhes como transporte, alimentação, seqüência de looks, acessórios além de todo o cuidado com as peças.

O resultado de tudo isso foram essas fotos que ilustrariam a fictícia edição da revista i-D.

Espero que ajude a inspirar o seu visual para o dia das bruxas que vem chegando.

Mariana Arruda Simoni, Designer e Produtora de Moda

mariana.as@uol.com.br

http://www.pencefundamental.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s