Exposição “Moda no Brasil: criadores contemporâneos e memórias”

Padrão

Foi e tem sido um enorme prazer participar da Exposição “Moda no Brasil: criadores contemporâneos e memórias” na FAAP- Fundação Armando Alvares Penteado.

Estou expondo uma peça da coleção AHORA Y SIEMPRE do meu TCC, o vestido de crochê dourado.

A exposição reúne o melhor da moda brasileira e traz um olhar diferenciado sobre o desenvolvimento deste segmento, acompanhado por recortes e dividida em dez núcleos temáticos.

Minha mãe e eu na entrada da Inauguração da Exposição “Moda no Brasil: criadores contemporâneos e memórias”

O principal núcleo, ‘Criadores Contemporâneos’, traz 20 looks de estilistas/designers considerados de ponta da criatividade: Alexandre Herchcovitch, André Lima, Carlos Miele, Clô Orozco, Dudu Bertholini e Rita Camparato (Neon), Fause Haten, Gloria Coelho, Isabela Capeto, Jefferson Kulig e Jum Nakao, além de Karlla Giroto, Lenny Niemeyer, Lino Villaventura, Lorenzo Merlino, Marcelo Sommer, Martha Medeiros, Reinaldo Lourenço, Ronaldo Fraga, Samuel Cirnansck e Walter Rodrigues.

Eu, Lino Villaventura e minha Vó Maria Amélia na inauguração da exposição

Reinaldo Lourenço, eu e Gloria Coelho na inauguração conversandosobre o meu vestido exposto.

O segundo núcleo, denominado ‘Pau-Brasil’, faz uma introdução sobre a relação do Brasil com a ornamentação corporal. O espaço apresenta trabalhos da artista Maria Lúcia Barbosa, que resgatam em colares, braceletes e broches, materiais e técnicas indígenas.

Em ‘Publicações’, poderão ser vistos encartes, revistas e folhetos com ilustrações sobre moda, que no século XIX e grande parte do século XX, eram os únicos meios pelos quais as informações sobre este tema chegavam à população. The Delineator, Manequim, O Cruzeiro, A Cigarra e Jornal das Moças são alguns exemplos.

Tecidos e propagandas em publicações, além de um vestido da casa Madame Rosita, da década de 70, e um macacão da Casa Vogue, da década de 60, poderão ser apreciados no bloco ‘Indústria e Comércio’.

As ‘Feiras e Desfiles’ também contam com setor próprio na exposição. Fotos de desfiles, reproduções de publicações, encartes, catálogos, convites, entre outros, poderão ser apreciados. O núcleo contará ainda com um vestido assinado pela Casa Rhodia, centro de estudos de estilismo criado na década de 80 pela multinacional francesa de mesmo nome.

No núcleo ‘Modistas’, dedicado às anônimas profissionais da época, poderão ser contemplados vestidos, manequins, ferro de passar, máquina de costura, caixas com material de costura, além de manuais e publicações.

Em ‘Costureiros’, espaço dedicado às primeiras celebridades relacionadas ao universo da moda, nomes como Clodovil Hernandes, Guilherme Guimarães, Dener, José Gayegos, José Nunes, Markito, Ronaldo Esper, Rui Spohr e Zuzu Angel estão presentes em suas inesquecíveis criações.

Ronaldo Esper e minha vó, conversaram bastante sobre a moda brasileira

O espaço denominado ‘Formação Profissional’ relembra os primeiros cursos e métodos autorais de corte e costura até chegar ao final do século XX, quando surgem as faculdades e cursos universitários de moda. Fotos em sala de aula e de exposições realizadas na FAAP, como Papiers à la Mode, em 2008, fazem parte deste núcleo.

A nova geração de estilistas tem um espaço garantido e exclusivo. Em ‘Novíssimos’, sete estilistas, alguns ainda em curso e outros recém-formados, mostram seus estilos e beleza. É neste núcleo que minha peça está exposta, junto com outro estilistas/designers: Adriana Tristão, da FAAP,; Ana Paula Soares, do SENAC; Augusto Ribeiro e Claudiana Cardoso, da FMU; Elisa Quinteros, da Santa Marcelina; Kledir Salgado, da USP; Mariana Arruda Simoni (eu) e Thais Storino, da Anhembi Morumbi – além de  Mauricio Somenzari, da  FAAP,  também vencedor do concurso FAAP Moda.

Família sempre presente- coquetel de inauguração!

E ganhei do meu tio o livro da exposição…

No dia 6 de Agosto houve no próprio Museu da FAAP um encontro de pesquisadores de moda, onde eu também estava presente e tive a oportunidade de comentar sobre a temática da minha coleção e o conceito de criação da peça. Neste encontro seguimos o circuito dos núcleos com explicações e depois participamos de uma palestra com os curadores José Luis Hernandez Alfonso e Denise Pollini.

Começar a expor com grandes nomes da moda brasileira me deixa muito lisonjeada. Dia 11 de Agosto, houve um coquetel de abertura da exposição- somente para convidados, onde pudermos conhecer melhor as obras e criadores, além de conversar e curtir.

Depois a exposição irá ser mostrada em Lisboa.

A entrada é gratuita e o agendamento de visitas educativas poderá ser feito pelo telefone (11) 3662-7200.

Período: De 12 de agosto a 30 de setembro de 2012, de terça a sexta, das 10h00 às 20h00, aos sábados, domingos e feriados, das 13h00 às 17h00 na MAB-FAAP – Sala Annie Penteado, rua Alagoas, 903 – Higienópolis.

Informações:             (11) 3662-7198

Visitas Educativas:    (11) 3662-7200

»

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s