MIX de ESTAMPAS

Padrão

O desejo de decoração e ornamentação é uma constante na história do homem. A utilização de desenhos na decoração do corpo já apareceu mesmo antes da fabricação dos tecidos. Já a técnica da estamparia também é antiga: acredita-se que no seu início, os tecidos tenham sido estampados com as mãos.

A estampa pode fazer com que você fuja da monotonia do cotidiano, trazendo um pouco de fantasia para o seu dia-a-dia.

Se for misturar estampa e tecido liso, tente não brigar com as cores. Perceba qual a predominante e combine o liso a partir dela. Não precisa ser a mesma cor, mas elas devem se conversar. Uma estampa também não deve brigar muito com as outras, ainda que não apareça tanto.

A regra mais básica para combinar peças de estampas diferentes é apostar em tons da mesma cartela de cores. Outro jeito de usar é apostando em variações sobre a mesma estampa.

Agora no muno contemporâneo em que vivemos não há mais regras do que “pode” ou “não pode” usar, existem algumas dicas para auxiliar na hora de compor um look.

Uma boa novidade, na maneira como se usa a estamparia hoje são as misturas. Listras com xadrezes podem ser um bom começo para ir experimentando.  Outra boa pedida são os florais, que ficam muito bem se misturados entre si. Preste atenção às cores, tentando criar uma harmonia entre elas. Perceba também o tamanho das flores e o caráter que elas têm. Misture as pequenas e românticas, por exemplo, ou as bem miudinhas, de fundo claro ou escuro. Ficam bem graciosas. Você pode também vestir uma camisa xadrez sobre um vestido florido, fica meio grunge, divertido.

Dica 1: uma cor predominante

Sempre escolher uma cor que predomine nas duas estampas. Pode ser um detalhe ou, até mesmo, a cor da peça inteira, mas é importante manter a harmonia entre as cores. E isso independe da estampa. Pode ser xadrez com floral ou, até mesmo, estampa de bicho com xadrez.

 

 

Dica 2: mesma estampa, cores e proporções diferente
Também é possível combinar a mesma estampa na parte superior e inferior do look, sem que pareça um conjuntinho. Para isso, a dica é usar proporções ou cores diferentes. Por exemplo: se a blusa tem listras largas, então a saia pode ter listras mais estreitas ou vice e versa. E se a estampa da parte de cima for de uma cor, a da parte de baixo pode ter outra, mas sempre mantendo a mesma estampa.

Dica 3: manter a mesma paleta de cores

Se uma blusa é floral, por exemplo, tentar encontrar uma saia com o mesmo tom da parte de cima. Por exemplo: tons neutros combinam com tons neutros; tons mais chamativos, com tons mais chamativos. Assim, as cores não “brigam” entre si.

Assim cria-se equilíbrio e harmonia aos looks, utilizando estampas. Por mais diferentes que elas possam parecer, mantendo esses cuidados, não tem como errar na combinação.

Combinar estampas é uma maneira divertida e descontraída de compor um visual moderno e bacana. Use somente o que sentir confortável.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s