Arquivo da tag: salto alto

Tendências de sapatos e sandálias primavera/verão 2014

Padrão

É só entrar setembro que sabemos que a primavera está chegando e que já já é hora de nos despedirmos do frio e daquele monte de casacos e meias. Com o novo clima, a moda traz novidades para esta estação e hoje vou mostrar alguma dessas novidades no que diz respeito aos calçados.

  • Transparência

Essa será a grande aposta da estação. Algumas marcas consagradas como Valentino, Chanel e Givenchy foram pioneiros ao mostrar exemplares com detalhes transparentes em seus últimos desfiles.

Imagem 

Em plástico ou acrílico, essa tendência entra com tudo no verão, mas são só alguns detalhes em que transparência aparece e não no calçado todo.

  •  Metalizados

Outra forte tendência da primavera/verão 2014 serão os calçados metalizados. O dourado também aparece bastante, mas serão os prateados e coloridos são as “estrelas” da vez.

 Imagem

Quando optar por sandálias coloridas ou metalizadas, a dica é que combine com vestidos, shorts ou calças mais neutros e leves para que chamem atenção para o destaque dos sapatos.

  • Rasteirinhas

Como toda primavera e verão, as rasteirinhas aparecem com tudo (com tudo mesmo), pois elas surgem com muito brilho, pedrarias, aplicações…

Imagem

As rasteirinhas são extremamente versáteis, podem ser usadas com qualquer roupa e em qualquer lugar, como passeios a céu aberto e durante à noite em uma festa ou um evento mais formal.

  • Estampas

As estampas também aparecem na próxima estação. O clássico P&B (preto e branco) continua em alta, além da estampa de oncinha (outro clássico também): o animal print da vez!

Imagem 

Outra estampa que vem como tendência vista nos desfiles primavera/verão 2014 é estampa étnica com inspiração nas culturas dos povos africanos e dos latino-americanos, com estamparia geométrica em diversos materiais diferentes.

  • Saltos

Os saltos também são destaque nas coleções de primavera/verão 2014. Dessa vez eles vêm trabalhados e mais grossos. O salto anabela também aparece com muita força, principalmente os modelos com saltos em materiais rústicos como cortiça ou madeira.

Imagem

A grande novidade são as flatforms: um sapato com plataforma reta em toda a sua base. A italiana Prada apresentou o salto pela primeira na temporada de Verão 2011. Apesar de polêmicas, as flatforms, que apareceram em diversos desfiles nos últimos tempos, como Chanel e são práticas e muito confortáveis.

  •  Bico Fino

O bico fino vem com tudo! Além de clássico e elegante, o modelo tem a vantagem de alongar a silhueta, isto porque o bico longo dá a impressão de continuidade e também por deixar o peito do pé à mostra.

Imagem 

Só tome cuidado com este calçado porque muitas mulheres afirmam que este modelo causa dor, se você quiser usar este calçado, escolhe um que não cause dor e que seja confortável.

Essas são as principais tendências no quesito calçado para a próxima estação.

Lembrem-se de usar somente o que combina com você e o que é confortável.

 

Por Mariana Arruda Simoni, designer e consultora de moda

mariana.as@uol.com.br

www.pencefundamental.wordpress.com

Anúncios

salto ALTO

Padrão

Em nossa sociedade, temos observado uma oferta cada vez maior de modelos, cores, estilos, altura e diversos tipos de salto.

São inúmeros os modelos de saltos para sapatos inventados através dos tempos. Salto Anabela, salto Luíz XV, Salto Sabrina, salto agulha e salto carrapeta, por exemplo, são alguns modelos criados em momentos diferentes da História da Moda.

O salto alto do sapato feminino alonga a perna e contribui para a valorização dessa parte tão erotizada no corpo feminino. Muitas mulheres costumam associar o uso de saltos altos a uma sensação maior de confiança e sensualidade.

Mas, este símbolo da elegância feminina, a invenção do salto alto está ligada a homens. Alguns apontam Leornardo Da Vinci como o inventor, mas a teoria mais aceita credita ao rei Luís XIV – que governou a França em um dos períodos de maior prosperidade, entre 1643 e 1715 – o título de grande responsável pelo uso dos sapatos de salto alto, desenvolvidos pelos artesãos palacianos.

Alguns tipos de modelos de sapato com salto:

Agulha


Modelo alto e fino, esse tipo de salto exige muito cuidado e bom senso no uso, pois pode prejudicar a coluna vertebral. É considerado o mais atraente de todos.

Combina com calças longas, saias, vestidos, meia-calça. O uso deste salto é indicado em ocasiões que não exijam muito tempo de permanência em pé.

Anabela


Esse tipo de salto pode ser usado no dia-a-dia, combinando com qualquer tipo de roupa, inclusive as mais finas. Saias longas, curtas ou rodadas caem muito bem com o salto Anabela. Segundo ortopedistas, é o salto menos prejudicial à coluna.

Louis XV ou Carretel


Baixo ou alto, esse modelo sempre está na moda. A sua forma lembra um carretel e seu salto não passa de quatro centímetros. É ideal para usar com calças, vestidos, shorts, minissaias e saias longas.

Plataforma


Solado curvo ou reto, este modelo é mais confortável,  indicado para ser usado em ocasiões informais. Quem gosta desse modelo poderá encontrar saltos bem altos.

Sabrina


Nos anos 60, o filme “Sabrina”, estrelado pela atriz Audrey Hepburn, popularizou esse tipo de salto. O salto é médio e delicado. É perfeito para usar com calças mais curtas, shorts, vestidos, saias abaixo do joelho e curtas.

Salto grosso


Elegante e confortável, traz estabilidade e sobriedade aos pés. Combina com calças, saias longas e curtas.

Tendência Verão 2011

A aposta da vez para a estação Primavera/Verão 2011 é o Clog (tamanco em inglês).

(Clog Iódice. Foto/Portal FFW/Agência Fotosite)

Para usá-los sem errar, a dica é combiná-los com um vestido curto de cintura marcada.

Ao invés das sandálias muito abertas, o que vai prevalecer são aquelas que mais parecem botas, cheias de detalhes, entre eles, couro, trançado, recortado, desenhos vazados, tiras e aplicações. As boots continuam em uma versão mais leve para o clima do verão e são peças-chave para balancear os looks românticos e delicados.

As releituras do modelo Oxford, este emprestado da moda masculina, também são candidatas a brilhar nas vitrines. Desta vez, o modelo vem mais leve, com saltos altos ou Anabela, também com transparências e aberto na frente.

(Modelo Oxford aberto da Neon. Detalhe: esmalte da cor do sapato. Foto/Portal FFW/Agência Fotosite.)

SALTO ALTO: lindos e perigosos

Que o salto alto deixa a mulher deslumbrante e poderosa ninguém contesta. Mas antes de calçar aquele lindo salto de 10 cm saiba que passar o tempo inteiro nas alturas pode trazer prejuízos à saúde – como tendinite, dor na coluna e calos.

Isso não quer dizer que devamos aposentar esse símbolo de poder feminino e viver de chinelos. Fundamental mesmo é aprender a usar o salto a favor não só da aparência como também do bem-estar.

Ao caminhar com um calçado baixo, o peso do corpo é distribuído em várias partes do pé. Com o sapato de salto, isso não acontece: como o contato com o solo fica reduzido, o peso passa a se concentrar lá nos dedos.

Use, mas não abuse

Não é preciso abandonar os saltos: basta saber quando e como utilizá-los. Siga as dicas abaixo:

• Use salto somente quando necessário, como em festas e no ambiente de trabalho. No restante do tempo, prefira calçados mais confortáveis;
• Quando voltar ao chão faça um bom alongamento;
• Fortalecer as musculaturas da coxa e da perna ajuda a minimizar os prejuízos causados pelo salto;
• Opte por um couro mais macio, assim os pés têm mais liberdade e ficam ventilados;
• Prefira saltos quadrados ou retangulares. Como a superfície de contato com o chão é maior, eles proporcionam mais estabilidade e conforto;
• Cuide da higiene dos dedos, pele e das unhas;

Outras dicas relevantes são na hora de comprar um novo sapato:

– Não escolha o sapato pelo tamanho informado na sola. Priorize o conforto e o equilíbrio que o salto proporciona;

– Tente fazer a compra no fim da tarde e à noite, quando seus pés estão mais largos;

– Uma boa forma de avaliar se um calçado vai ficar confortável é, ao calçá-lo, verificar se sobram de 0,5 a 1,3 cm entre o dedo maior e o final do sapato;

– O calçado não deve ser de material duro;

– Se o sapato não é confortável, então não compre seduzida pela beleza, esperando que ele lacei;

No mundo contemporâneo o salto alto representa o desejo das mulheres em ver e serem vistas. Os saltos aparecem com muitas novidades. Esculturais, geométricos, ornamentados, em acrílico, couro ou madeira, finos ou grossos, plataformas e saltos com design muito diferenciado, tendo em comum sempre a altura.

Temos inúmeros modelos, mas antes de comprar o que está ou não “na moda”, leve em consideração seu estilo, conforto e tipo físico. Não é porque algo está em evidencia que quer dizer que nós devamos utilizá-lo. Priorize o conforto.

Por Mariana Arruda Simoni, Designer e Consultora de Moda

Mariana.as@uol.com.br

http://www.pencefundamental.com.br

Coleção bem diferenciada

Padrão

Um dia desses, estava pesquisando sobre tendências e olhem o que eu acabei encontrando: essa coleção maluca de sapatos.

Não resisti e acabei postando para vocês verem cada modelo divertido e diferente.

sapato1sapato2sapato3sapato4sapato5sapato6sapato7sapato8sapato9sapato10sapato11sapato12sapato13sapato14sapato15sapato16sapato19sapato21sapato22sapato23sapato24sapato26sapato27

As fotos foram retiradas do site: http://seboeacervo.blogspot.com/2009/07/mais-uma-colecao-fashion-incrivel.html

 

Abraços

Mariana Arruda

Herança Cultural

Padrão

Oi gente, tudo bem? Recebi ontem um e-mail (da minha tia) e fiquei pasma.

Estão vendo esses sapatos lindos e diferentes? Pois é, são japoneses, tendência fortíssima lá, resultado de uma herança cultural.

saaptos

Porém, tudo tem uma reação…

Olha o que uma cultura fez como uma gueixa, ou melhor, com o pé de uma gueixa.

ATT00008

ATT00009

ATT00010

ATT00011

ATT00012

ATT00013

ATT00014

E ela ainda sorri… Enfim faz parte da sua cultura.

Simplesmente P-R-A-D-A, simplesmente referência

Padrão

slide1Ai, gente, não resisti… Tive que postar essa foto.

Quando a vi, no site da Uol Moda, fiquei sem palavras.

Porém, depois de refletir um pouco, suponho que a referência ao movimento PUNK, um movimento de rebeldia, contestador e de caráter mais proletário deve ser um resposta à crise que acontece atualmente.

Num momento de desânimo, de queda no consumo e de muitas aflições pelo mundo afora, a moda oferece um caminho (ainda que mais fácil) para, mesmo que inconscientemente, cada pessoa dê seu grito de rebeldia.

Mas, é uma pena que essa referência se limite à construção da peça, uma vez que a peça ainda se limita a um público que pode gastar valores expressivos com uma marca como a Prada, diferente do conceito de universalidade e fácil acesso que tanto pregava o punk.

Mas que ficou bonito, ficou.