Arquivo da tag: tendência de moda

MAXI COLARES

Padrão

O “exagerado” mundo da moda…

Os acessórios podem transformar um look, por isso são cada vez mais indispensáveis.

Os colares fazem toda diferença para certas produções, podendo ditar o estilo e personalidade de quem os usa.

A tendência em questão são os colares maxi- grandes- que aparecem cada vez mais ousados, com misturas de tamanho, cores e formatos surpreendentes, tornando a peça escolhida o foco principal da sua produção.

O maxi colar é definitivamente um acessório poderoso, que pode mudar completamente o visual, transformando o básico em chique e estiloso rapidamente. Para não ter erro ao usar uma peça tão imponente, algumas dicas são importantes.

Comprimentos dos colares

  • Gargantilha: ideal para quem tem pescoço longo;
  • Colares curtos e médios: caem bem para mulheres com seios fartos, pois o colar fica acima da linha destes (na altura das axilas);
  • Colares mais longos: ótimo para mulheres com seios pouco volumosos, pois o colar chama a atenção para a região do corpo em que está colocado.

Dicas de como usar

  • Se é a primeira vez que você vai usar o maxi colar e está insegura com medo de “errar” na combinação, use com looks mais básicos que é certeza de sucesso. Pense no pretinho básico ou na dupla jeans+camiseta branca.
  • Não misture muitos acessórios num mesmo look, use o maxi colar OU o maxi brincos.
  • Para dar evidência aos maxi colares, prenda o cabelo com coques ou rabo de cavalo, assim a atenção será totalmente voltando ao colar.
  • Se você tem seios grandes, aposte em camadas de correntes finas e compridas, para alongar a silhueta.
  • Para compor um look mais ousado, aposte em maxi colares longos, que cubram os ombros de preferência.
  • Para uma produção mais elegante, abuse das correntes finas entrelaçadas ou mesmo soltas.
  • Se sua intenção é um visual alegre e cheio de energia, colares coloridos são as melhores opções.

Lembre de usar o que combina com seu estilo e com seu dia-a-dia, leve sempre em consideração o conforto e divirta-se compondo seus looks!

Por Mariana Arruda Simoni, Designer de Moda e Mestranda em Design

mariana.as@uol.com.br



Anúncios

Tendências: CINTO (MUITO)

Padrão

De todas as propostas da moda que desfilaram nas passarelas brasileiras e internacionais, acredito que, a cintura bem marcada por cintos continue sendo uma das grandes apostas para esta estação.

Têm de tudo. Cintos com diversas espessuras, ora fininhos, ora mais largos, de diferentes cores e texturas, a variedade cresceu com a evolução dos materiais com novas misturas, superfícies e revestimentos.

Os acessórios têm o poder de transformar qualquer produção e essa é a vez dos cintos. Foi-se o tempo em que o acessório servia somente para segurar a calça ou deixar o short no lugar. Eles podem completar nosso look, harmonizar, nos deixar mais elegantes, mais modernas, mais femininas, podem disfarçar gordurinhas, enfim eles podem tudo- tanto pro lado positivo quanto para o negativo.

Alguns modelos estão assumindo as paradas de sucesso, por isso vamos dar dicas de como usá-los valorizando seu look e seu tipo físico.

  • Cinto de laço: perfeito para o estilo vintage (com referencia aos anos 50) e para um look mais romântico. Use com o laço para a frente e componha um look bem feminino e delicado.

 

(imagem retirada do site: http://www.emule.com.br/lista.php?categoria=3976&pag=3&ordem=ITEM_TITLE)

  • Cinto fino: esse modelo pode ser usado tanto na altura do quadril quanto na cintura. Para as magrinhas ele fica ótimo quando combinado com peças sequinhas na altura do quadril, para aquelas que querem disfarçar barriga ele fica bom com peças mais soltas. Ambas podem utilizar cintura alta, desde que o volume fique abaixo do cinto.

               Roupas de cintura alta: essas peças ganham mais charme quando aparecem combinadas com o cinto fininho, que ressalta a silhueta feminina.

               Para um visual mais feminino, aposte em detalhes delicados, como argolas, fivelas, flores, laços.

 

(Fotos retiradas do site: http://www.284brasil.com.br/blog/?p=8803)

  • Cinto largo: combina com quem tem quadril largo e cintura fina, para aquelas que tem seios avantajados, o ideal é  usá-los na altura da cintura, se os seios forem muito grande o ideal é usá-lo na altura dos quadris.

                Este modelo beneficia as altas e magras.

                Dica: Ao usar cintos mais grossos, invista em detalhes interessantes, elásticos ou estampas e cores que remetam ao militarismo (que está em alta).

                Os cintos militares ficam lindos usados com uma bermuda cargo ou shorts cáqui.

(Foto retirada do site: http://makebasiko.blogspot.com/2010_11_01_archive.html)

  • Cinto + vestido: Para os vestidos mais soltinhos, o melhor é usar o cinto na altura da cintura (ideal para as gordinhas disfarçarem a barriga).

               Os vestidos mais justos pedem um cinto mais decorativo, que pode ser tanto na altura da cintura quanto do quadril.

 

(Foto retirada do site: http://menina-moderna-mm.blogspot.com/)

  • Cinto amarrado com nó: eles deixam o look mais moderno, a dica é adaptar, se o cinto não estiver tão grande ao ponto de conseguir amarra-lo, basta transpassar pela cintura a ponta do mesmo, deixando-a penduradinha. 

 

(imagem retirada do site: http://divadiz.com/2010/07/21/cintos-tendencia-de-moda-feminina-verao-2011/)

  • Vários cintos juntos: Para um look mais elaborado e ousado, use vários cintos fininhos juntos. Use de uma cor só ou de várias cores, e componha um look bem diferenciado e único.

 

(Foto retirada do site: http://www.ruateffe.com.br/blog/?p=616)

Para aquelas que gostam de andar na moda, os cintos são acessórios muito bacanas e essenciais  para composição de um look atual e despojado, além do mais, não é necessário gastar muito para ter seus cintos favoritos, já existem modelos muito econômicos e de boa qualidade.

Eles podem ser usados com calças jeans, vestidos, saias… basta usar a imaginação e a criatividade, levando em consideração o conforto aliado do seu estilo próprio.

Por Mariana Arruda Simoni,

mariana.as@uol.com.br

http://www.pencefundamental.com.br

Tendências para o Verão

Padrão

 Basta mudar a estação que já queremos saber as novidades da moda. A primavera já começou e a maioria das pessoas quer saber “o que vai usar nesta estação?” então, hoje falaremos sobre as tendências da temporada primavera/verão.

Desfiles apresentados no SPFW, Fashion Rio, Temporada de Moda de Milão, Semana de Moda de NY, mostraram diversas opções quentes para a temporada, começando pelo corte geométrico das roupas, referências na década de 60, muitas estampas, modelagem fluida, sobreposições, decotes e comprimentos variados (do curto ao longo- vale tudo).

  • As peças-chave

Tomara-que-caia, shorts e bermudas, collants, casaquetos, t-shirt, calças skinny ou semi-bag (lisa ou estampada).

O destaque para vai para os vestidos, com estampas florais, a cara da próxima estação, e a lei dos extremos: ou muito curtos ou muito longos.

Desfile Dolce & Gabbana

Dica: aposte em florais exuberantes, que aparecem em estampas e cores.

  • Esconde-esconde

 

Osklen, à esquerda e a direita Maria Bonita Extra: transparência e fluidez.

Esta temporada está repleta de transparência e recortes que insinuam e revelam a pele, lembrando da lei da compensação: “aparece aqui, esconde ali”, para não ficar vulgar.

  • Cores

O azul turquesa se destacou nos desfiles tanto nacionais quanto internacionais, a cor promete ser presença marcante na estação.

A cor nude continua em alta. Ela aparece em babados, sobreposições, fendas, decotes, ela sobrevive como tendência e fica em alta por mais uma estação.

Verde musgo: ele aparece em referencias militares criando, dependendo a composição, um aspecto tropical.

As cores vivas aparecem com força, principalmente em tecidos estampados.

Esmaltes coloridos já podem ser considerados os novos batons, ou seja, indispensáveis. Aposte em cores vivas e foscas.

  • Destaque

Destaque para a modelagem ampla, jovial e soltinha, com peças confortáveis e fluidas.

A cintura é bem marcada, aposte em cintos finos com aspecto vintage, para compor um look imbatível, opte pela saia de cintura alta junto com uma camisa.

Os cortes e recortes foram predominância nos maiôs e biquínis- que aparecem com lingeries.

Rosa Chá: modelos que parecem lingerie

Os babados, assim como o poá e a renda estão em alta e compõe um look romântico.

  • Acessórios

Bolsas de materiais naturais completam qualquer look.

Bolsa Maria Bonita

As pulseiras e maxi colares aparecem com texturas naturais e mistura de materiais, deixando os looks contemporâneos e divertidos.

Os chapéus continuam em alta nesta temporada, aposte em tons claros: bege, nude ou marrom claro.

  • Nos pés

Nos pés os tamancos “pesados”, os clogs, com salto de madeira, plataformas e sandálias com amarrações vem com tudo para a temporada.

O conforto de sapatilhas e modelos Oxford também aparecem compondo os looks.

Acredito que as tendências possam ajudam algumas pessoas na hora de se vestir ou comprar novas peças, mas que não possam determinar o que usar e o que não usar. Mais do que tendências (que vem e vão) devemos conhecer nosso estilo e adaptar roupas, peças e looks a ele, fazendo com que nos sintamos bem usando uma roupa que combina com agente.

Por Mariana Arruda Simoni

mariana.as@uol.com.br

http://www.pencefundamental.com.br

Baile do Hawaí

Padrão

Oi gente, tudo bem?

Pra quem não sabe eu sou de Cosmópolis (nasci na maternidade de Campinas), mas sempre morei em Cosmópolis- tirando agora que moro em Santo André e antes morei em São Paulo por causa da faculdade.

brasão de Cosmópolis

Bom, em Cosmópolis– uma cidade do interior paulista, pequena- existe um evento (1 vez por ano) que chama-se Baile do Havaí, acontece no Cosmopolitano Futebol Clube (clube tradicional daqui) e é um evento que reuni não só os moradores da cidade, como as pessoas de outras regiões também, como Artur Nogueira, Engenheiro Coelho, Paulínia, Campinas, São Paulo, Jundiaí, enfim é uma das únicas festas que conseguimos reunir bastante gente aqui.

Eu vou a este Baile há 10 anos (eu comecei a ir com 10 anos- eu sei é bem cedo, mas meus pais me levaram quando eu era pequena), e neste ano, não poderia ser diferente, eu fui.

As pessoas que vão ao Baile tem que ir com traje típico obrigatório, tudo no clima havaiano, a maioria dos homens vão de bermuda ou calça branca, bege, camisa florida ou branca, bege. As mulheres vão de vestidos coloridos, com estampas de flores, saias estampadas, blusinhas brancas, flor no cabelo. Nada de jeans no baile.

Lá fui entrevistada pela tv Jaguari (tv de Cosmópolis), pelo meu tio que é arquiteto e repórter da TV.

Então pra quem quiser conferir a entrevista, é só clicar:

Tour pela Europa: 1º dia- Amsterdam

Padrão

Oi gente, tudo bem por aí?

Acabei de chegar de um tour pela Europa.

A viagem foi excelente, conhecer novos lugares, cultura, hábitos e pessoas é sempre muito bom.

DSC02594

Fui no dia 8/07 (quarta-feira), cheguei por lá dia 9 e voltei dia 20 (segunda-feira), foi pouco tempo, mas deu para conhecer um pouco de Amsterdam (Holanda), Londres (Inglaterra), Paris (França), Nordkirchen, Berlim e Münster (Alemanha).

Fui com meu namorado, o Mau e meu irmão, o Rodrigo, além de ter planejado encontrar minha vó, meu tio e minha mãe em Paris, ou seja quase a familia toda na Europa, tirando meu pai, que não pôde ir por causa do trabalho.

A viagem de ida de avião foi ótima, apesar de ser 11 horas até Madri (onde fizemos escala) e depois mais 2h30 até Amsterdam.

Foi contar aqui tudo que eu fiz, dia-a-dia.

Dia 8 e 9/07 Quarta e Quinta-feira

Saímos de Cosmópolis às 9h30, meus pais levaram eu e meu irmão ao aeroporto internacional de Guarulhos, onde encontraria o Mau para fazermos o check-in para o embarque. Almoçamos no aeroporto mesmo.

Eu e o Mau iríamos no vôo das 15h50 e o Digo só no das 19h, porque não havíamos conseguido um mesmo vôo para os três.

Na fila para o embarque, havia muita gente chorando, atrás da gente estava o Carleto, ex-lateral esquerdo do Santos, que atualmente atua no Valência, conversamos um pouco com ele enquanto a fila andava.

Fila, fila e mais fila e quando percebemos estávamos dentro de um baita avião da Ibéria, decolamos e surpresa: o Digo apareceu no corredor, ele conseguiu mudar o vôo porque houve desistência.

Almoçamos no avião, como não tinha opção para vegetarianos, comemos pouco no almoço e atacamos as bolachinhas e os lanchinhos. Passaram três filmes babacas e a viagem ia passando devagar, entre cochiladas, levantas e uns lanchinhos.

 Aterrissamos em Madri e passamos 4 horas lá, até pegarmos o outro avião, o tempo passou rápido, muitas lojinhas, free-shop… logo estávamos de novo dentro de um avião.

O segundo vôo conseguiu ser mais cansativo do que o primeiro, chegamos em Amsterdam por volta das 14h (hora local de Amsterdan). O fuso horário era de 5h a menos para o Brasil.

Fomos direto para o Hotel, no caminho vim observando as pessoas e é legal saber que aqui tem uma bela mistura, muitos mulçumanos, turcos e pessoas de toda parte do mundo, afinal, Amsterdam é um lugar essencialmente turístico.

DSC02601

Depois de um rápido banho seguido de um leve descanso, fomos dar uma volta no centro de Amsterdam, pegamos um mapa e começamos a aventura, pegamos o “tram 17”. Andamos umas 4 horas por lá. Eu acabei comprando um casaco, o Mau comprou um cd do “The Ex”- antiga banda punk local e o Digo comprou umas camisetas. Comemos uns “pães enormes torrados com queijo e cebola”, além de um milk shake de sobremesa.

DSC02613

DSC02611

Andamos bastante e passeamos nos canais de noite- é algo simplesmente maravilhoso. Aqui todo mundo anda muitíssimo de bicicleta, todo mundo mesmo: crianças, idosos, mulheres de salto altíssimo, até mesmo de saia, homens de terno, todo mundo é adepto da bike, alias, aqui é muito bom para andar mesmo, a cidade é plana.

DSC02636

Me chamou atenção especial o jeito que algumas meninas amaram seus cabelos: elas fazem um rabo-de-cabelo bem alto todo mole e deixam umas mexas soltas passando por cima do rabo, na nuca e na testa, dando impressão de terem dreads finos e soltos- além de alguns cabelos serem completamente “brancos” de tão loiros, incrivelmente lindos. As roupas variam de acordo com o estilo de cada pessoa, vi salto fino, coturnos coloridos, cabelos roxos em senhoras, garotos de blazers, peruas, algumas mulçumanas com lenços coloridos presos por strass, uma completa mistura na vestimenta das pessoas, assim como uma mistura de culturas e pessoas em um determinado lugar, assim é uma cidade turística, assim é Amsterdam.

Depois de tanto andar acabamos não achando onde passava nosso “tram” e voltamos de táxi para o Hotel, onde demos uma dormida de umas 2 horas e depois saímos para jantar falafel. A cidade não estava muito cheia. Fomos dormir por volta das 2 da manhã (horário local de Amsterdam), estávamos exaustos. 

DSC02881

Ao decorrer dos dias vou postando sobre os outros dias e minhas aventuras pela Europa.

Abraços

Por Mariana Arruda